▶️ GLOSSÁRIO

Tá chegando agora e ficou perdido no mar de termos do universo cervejeiro? Parece complicado beber uma cerveja e receber tanta informação… Pensando nisso, nós liberamos aqui as palavras mais utilizadas. Todo o glossário segue a ordem alfabética e será ampliado a partir do vocabulário utilizado nas postagens do blog! Fique ligado!

🔍Total : 38 termos

cerveja

 

A

Ales Cerveja produzida por fermentação de superfície. De origem britânica, durante a Idade Média, a expressão era o nome dado para qualquer tipo de cerveja

Alta Fermentação Ocorre na superfície do mosto, em temperatura entre 15°C a 20°C

American Lager Usam milho, arroz ou qualquer outro tipo de cereais para fermentar com a cevada e baratear a produção. Graças ao preço cobreado virou o estilo mais produzido do mundo.

B

Baixa Fermentação Acontece no fundo do recipiente, em temperatura entre 4°C e 9°C

Bock Cervejas de baixa fermentação criadas em Einbeck, na Baviera (Alemanha), com amargor mais sutil

Brassagem Processo de cozimento do malte moído (e outros grãos) para extrair os açúcares usados na fermentação

Brewpub Bar que produz sua própria cerveja e vende no mesmo local sem a necessidade de comercializar com terceiros. Esta é considerada  a melhor solução para os microcervejeiros venderem seus produtos

C

Cervejaria cigana Marca que não tem sua fábrica e se associa a outras cervejarias para viabilizar sua produção

D

Drinkability Escala subjetiva que avalia o quanto a cerveja pode ser agradável para o consumidor

Dry Hopping Técnica em que há a adição de lúpulo à cerveja durante o período de fermentação. A ideia é obter o máximo de aroma da planta de maneira natural.

Double IPA ou Imperial IPA Amargor muito acentuado, doses exageradas de lúpulo e teor alcoólico elevado. Tudo em dobro.

E

Escola alemã Tradicional e eficiente, criadora das lagers, tem cervejas geralmente maltadas, com amargor acentuado e que respeitam a Lei da Pureza

Escola americana Em desenvolvimento, se destaca pela excentricidade e intensidade

Escola belga Ousada e irreverente, os belgas focam em Ales bastante complexas, com uma série incontável de ingredientes, desde outros cereais até frutas e condimentos.

G

Growler Garrafão usado para armazenar chopes on tap para até pouco mais de uma semana. A capacidade varia e o recipiente pode ser feito de plástico, vidro, cerâmica ou alumínio.

H

Helles ou Heller A palavra significa “claro” em alemão e não “inferno” como pode parecer à primeira vista. A tradução de Munich Helles significa portanto “Clara de Munique”

Hidromel Bebida alcoólica produzida a partir da fermentação de mel e água.

Homebrew Produção de cerveja domiciliar e em pequenas quantidades mais voltada para distribuição de amigos.

I

IBU É a medida de amargor (International Bitterness Units); quanto maior o número, mais amarga será a cerveja

India Pale Ale (IPA) Com bastante lúpulo, criada para suportar longas viagens à Índia. De sabor frutado e maior teor alcoólico

L

Lager Vem do alemão e significa “armazém” . É um tipo de cerveja fermentada e armazenada em baixas temperaturas.

Lúpulo Conservante natural, é usado na produção de cerveja com o malte, a água e a levedura. Confere sabor amargo à bebida

Lei de Pureza Alemã (Reinheitsgebot) De 1516, definiu que a cerveja só pode conter malte de cevada, água e lúpulo. Posteriormente, admitiu o uso de outros cereais, como trigo

M

Malte Grão, geralmente de cevada, umedecido, germinado e seco

Mostura (ou mosto) Caldo que resulta da mistura fervida do malte com água, depois filtrado para receber o lúpulo

Microcervejaria Cervejaria que produz uma quantidade limitada de cerveja de até 200 mil litros por mês.

O

On Tap Cerveja servida na pressão e que garante mais autenticidade do produto. A ideia é ter a breja servida “direta da fonte” diferente do modo de armazenamento proporcionado por latas e garrafas.

P

Pilsen Estilo mais consumido no mundo, é leve e refrescante, com amargor moderado e cor dourada brilhante

Premium Cerveja que leva uma adição de mais malte de cevada e o uso menor de até 25% de adjuntos em sua composição.

R

RateBeer Rede social com o mesmo objetivo do Untappd. Questionada recentemente por receber investimentos da gigante AB InBev, diversos cervejeiros artesanais passaram a desconsiderar as notas que constam nesta rede. O RateBeer conta ainda com banco de dado com 500 mil rótulos e pouco mais de oito milhões de críticas.

Rauchbier Tem parte do malte seco em um processo de defumação com madeira, o que dá aromas e sabores defumados

S

Saison Estilo que nasceu sazonal, para ser consumido no verão. Leve, clara e de aroma frutado. Pode ter sabores picantes

Sour As cervejas “azedas” são ácidas e têm forte aroma da fermentação, que pode lembrar vinagre

Stout Estilo tipicamente inglês, com opções mais densas. Leva maltes torrados e costuma ter aromas de café e/ou chocolate

U

Untappd Principal rede social utilizada por apreciadores de cerveja além de produtores. Seu acesso é facilitado por aplicativos Android e IOS. As votações elencam as cervejas mais importantes do mundo

W

Weiss Cerveja de trigo típica do sul da Alemanha; tem notas de banana e cravo e graduação alcoólica moderada

Witbier Receita de origem belga que leva trigo, semente de coentro e casca de laranja e limão; refrescante e cítrica

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: